Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Últimos assuntos
» Quem leu A Cabana de William P. Young??
Dom Abr 26, 2015 1:01 pm por Everton Marques Ribas

» Dicas de Leitura para mim
Qui Nov 06, 2014 3:53 pm por amelieS

» Erica Cardoso
Qui Jul 31, 2014 9:44 pm por Erica Cardoso

» MEU LIVRO DE AEROMODELISMO
Seg Jul 21, 2014 8:56 pm por yoda

» [AD]Ma3x MU Online Season 7,Experience 10&15x NO RESET!
Dom Maio 18, 2014 4:32 pm por jacklin

» AMIGOS TOTALMENTE DIFERENTES (blog)
Sab Fev 15, 2014 10:11 pm por jorge2009sts

» BENÇÃO OU MALDIÇÃO: FESTA DE DEBUTANTE (cap. final)
Sex Fev 07, 2014 11:18 pm por jorge2009sts

» BENÇÃO OU MALDIÇÃO: FESTA DE DEBUTANTE (cap. 5)
Sex Fev 07, 2014 10:31 pm por jorge2009sts

» BENÇÃO OU MALDIÇÃO: FESTA DE DEBUTANTE (cap. 4)
Sex Fev 07, 2014 10:30 pm por jorge2009sts

» BENÇÃO OU MALDIÇÃO: FESTA DE DEBUTANTE (cap. 3)
Sex Fev 07, 2014 10:28 pm por jorge2009sts

Quem está conectado
4 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 4 Visitantes

Nenhum

[ Ver toda a lista ]


O recorde de usuários online foi de 117 em Qua Jun 23, 2010 11:45 pm
Votação

O que mais te atrai no clube do livro?

44% 44% [ 128 ]
31% 31% [ 89 ]
11% 11% [ 31 ]
4% 4% [ 13 ]
10% 10% [ 28 ]

Total dos votos : 289


Sobre o narrador-personagem Humbert

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Sobre o narrador-personagem Humbert

Mensagem por AdmIvan em Qui Abr 02, 2009 9:04 am

Humbert é, aparentemente, um sujeito normal, respeitado na sociedade. É admirado, sobretudo pelas mulheres, apesar de se mostrar completamente indiferente para com elas. E é, aparentemente, um celibatário convicto, o que lhe aumenta o encanto. E também um tudo-nada excessivamente introvertido. Praticamente um misantropo.

Mas quando analisamos a sua prosa, descobrimos ou, se calhar, confirmamos uma personalidade profundamente anti-social.
O seu discurso não revela a menor sombra de afecto, estima ou admiração por ser humano algum, salvo as características morfológicas, apenas e só, das crianças a quem apelida de ninfitas.

Em relação aos restantes seres humanos, a tónica dominante é o desprezo desdenhoso, em virtude da sua suposta superioridade física e intelectual.

Este desprezo é dirigido tanto a homens como a mulheres adultos.

A referência, por exemplo, à mãe de Lolita, uma mulher que se encontra no apogeu da sua sensualidade de mulher adulta, a fazer lembrar um pouco a irónica sedução de Lauren Bacall, são sempre coloridas por adjectivos de teor pejorativo como “a gorda Haze” ou “a gata velha”.

Já a tonalidade épica, trágico-heróica, de elevada carga poética das suas palavras ao referir-se ao corpo de Lolita, criam um forte contraste com o restante discurso – a única nota dissonante da seca homogeneidade de uma prosa onde impera o cinismo.

Ex: “…impuros e indiferentes olhos crepusculares – como a mais reles das sedutoras – pois é isso que as ninfitas imitam, enquanto nós gememos e morremos”.

A eloquência e a grandiosidade deste discurso têm como objectivo convencer um júri - constituído quase exclusivamente por mulheres –, de que Humbert é, ele próprio, a vítima impotente da sedução de uma criança marcada por uma espécie de perversidade, na sua óptica, inata, e por impulsos sexuais precoces. A função deste tipo de linguagem, nesta situação, é a de despertar a compaixão, apelando ao romantismo da bancada feminina do júri.

Estes apontamentos são uma reconstituição literária, feita por Humbert, já no cárcere, das suas memórias, reunidas num caderno diário, encontrado e destruído por Charlotte. Para além da forma patética e distintamente cobarde como tenta, de forma explícita, justificar o seu comportamento, podemos facilmente identificar a perspicácia e o calculismo das atitudes de Humbert nas entrelinhas. A sua astúcia vai, no entanto, sendo progressivamente toldada pelo medo crescente face à possibilidade de uma traição por parte do objecto amado.

A cobarde hipocrisia de Humbert está patente na contradição entre as palavras e o seu comportamento efectivo. Humbert define-se como “incapaz de atentar contra a inocência de uma criança”. No entanto, tem de recorrer ao uso abusivo de fármacos para possuir Lolita pela primeira vez: Humbert só não se torna um violador em série de várias “ninfitas” pelo medo de ser descoberto e punido.
Esse é o motivo principal pelo qual se aproxima de Charlotte, propondo-lhe casamento.

Trata-se da camuflagem perfeita que lhe permite, simultaneamente o acesso fácil ao verdadeiro objecto da sua lascívia.

Em relação à temática propriamente dita, o discurso de Humbert debruça-se sempre aos seus próprios desejos, gostos estéticos e impulsos. Nunca sobre os de Lolita. Na realidade, ele nunca se mostra preocupado com o que ela pensa ou sente. É um homem exclusivamente centrado em si mesmo.

por http://hasempreumlivro.blogspot.com

_________________
Nome: Memórias de um adolescente
Autor: Ivan Bittencourt P. Jr
Goiânia/ GO
ISBN: 978 85 7718 278 7
Acabamento: Brochura
Edição: 1ª
Nº de páginas: 240
Editora: ALL PRINT
Tamanho: 14 x 21
Preço: 29,90

Para comprar clique no botão abaixo! Veja as formas de pagamento!

Se quiser um exemplar autografado envie um email para Ivan.pessoajr@gmail.com imediatamente após a realização do pagamento, informando o nome para o qual você quer que o autógrafo seja encaminhado.




http://www.novasmemorias.com.br
avatar
AdmIvan
Administrador
Administrador

Peixes Cabra
Número de Mensagens : 273
Idade : 26
Localização : Goiânia
Q.I. : 452
Reputação : 54
Data de inscrição : 18/09/2008

Ver perfil do usuário http://www.novasmemorias.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sobre o narrador-personagem Humbert

Mensagem por bárbara em Sex Abr 03, 2009 10:34 am

Acho que o Humbert sofre de alguma doença. Dizem que é Parafilia (quando alguém sente prazer com formas alternativas à relação sexual), mas não sei.
O amor que ele sente não é condenável de maneira alguma, mas as ações, sim.
É dificil ter o que pensar. Acho ele um personagem bom para estudo.
avatar
bárbara
Amador
Amador

Libra Cobra
Número de Mensagens : 102
Idade : 28
Q.I. : 128
Reputação : 29
Data de inscrição : 08/11/2008

Ver perfil do usuário http://apaixonadamenteapaixonados.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sobre o narrador-personagem Humbert

Mensagem por Mariana em Seg Abr 06, 2009 6:33 pm

Assim como Machado de Assis nos mostra um Bentinho inseguro, Nabokov nos mostra um Humbert aparentemente cego pelo desejo, mas também tentando comprovar sua inocência, apresentando uma versão romantizada de sua relação com Lolita (a dor de Lolita só é percebida indiretamente, ele nunca a faz citar diretamente - em compensação, todas as regalias que lhe oferecia eram supracitadas). Humbert Humbert é um dos personagens mais instigantes da literatura universal, usando de suas artimanhas para convencer o leitor.
avatar
Mariana
Iniciante
Iniciante

Peixes Cachorro
Número de Mensagens : 6
Idade : 23
Localização : São Paulo
Q.I. : 12
Reputação : 5
Data de inscrição : 23/11/2008

Ver perfil do usuário http://blackberry-field.com/mari

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sobre o narrador-personagem Humbert

Mensagem por angu em Qui Maio 07, 2009 12:16 pm

bárbara escreveu:O amor que ele sente não é condenável de maneira alguma, mas as ações, sim.


O amor nunca é condenável?

angu
Iniciante
Iniciante

Leão Tigre
Número de Mensagens : 23
Idade : 31
Q.I. : 53
Reputação : 13
Data de inscrição : 26/04/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sobre o narrador-personagem Humbert

Mensagem por Becker em Qui Maio 28, 2009 8:47 am

eu concordo com a bárbara, o amor não é condenável.
Não há nenhum problema que HH ame Lola. Vários homens e mulheres adultos amam crianças(filhos ou não). Homens amam outros homens, mulheres amam outras mulheres. Não há nada de errado nisso.
Errrado é usar esse amor como desculpa para fazer maldades.
Não é porque eu amo que tenho direito de matar, prender, estuprar ou torturar alguém.
avatar
Becker
Novato
Novato

Libra Macaco
Número de Mensagens : 45
Idade : 37
Q.I. : 60
Reputação : 8
Data de inscrição : 07/04/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sobre o narrador-personagem Humbert

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum