Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Últimos assuntos
» Quem leu A Cabana de William P. Young??
Dom Abr 26, 2015 1:01 pm por Everton Marques Ribas

» Dicas de Leitura para mim
Qui Nov 06, 2014 3:53 pm por amelieS

» Erica Cardoso
Qui Jul 31, 2014 9:44 pm por Erica Cardoso

» MEU LIVRO DE AEROMODELISMO
Seg Jul 21, 2014 8:56 pm por yoda

» [AD]Ma3x MU Online Season 7,Experience 10&15x NO RESET!
Dom Maio 18, 2014 4:32 pm por jacklin

» AMIGOS TOTALMENTE DIFERENTES (blog)
Sab Fev 15, 2014 10:11 pm por jorge2009sts

» BENÇÃO OU MALDIÇÃO: FESTA DE DEBUTANTE (cap. final)
Sex Fev 07, 2014 11:18 pm por jorge2009sts

» BENÇÃO OU MALDIÇÃO: FESTA DE DEBUTANTE (cap. 5)
Sex Fev 07, 2014 10:31 pm por jorge2009sts

» BENÇÃO OU MALDIÇÃO: FESTA DE DEBUTANTE (cap. 4)
Sex Fev 07, 2014 10:30 pm por jorge2009sts

» BENÇÃO OU MALDIÇÃO: FESTA DE DEBUTANTE (cap. 3)
Sex Fev 07, 2014 10:28 pm por jorge2009sts

Quem está conectado
Não há nenhum usuário online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e nenhuma Visita :: 2 Motores de busca

Nenhum

[ Ver toda a lista ]


O recorde de usuários online foi de 117 em Qua Jun 23, 2010 11:45 pm
Votação

O que mais te atrai no clube do livro?

44% 44% [ 128 ]
31% 31% [ 89 ]
11% 11% [ 31 ]
4% 4% [ 13 ]
10% 10% [ 28 ]

Total dos votos : 289


Libertinagem, Manoel Bandeira

Ir em baixo

Libertinagem, Manoel Bandeira

Mensagem por Milena em Dom Abr 05, 2009 12:06 pm

O livro contém 38 pequenos poemas representativos de diferentes momentos da vida poética do autor, mas que podem ser agrupa­dos devido a uma recorrência a certos tipos de tema. Dentre outros coisas, utiliza bastante as características da auto-biografia, memorialismo, poesia do cotidiano, evasão e lirismo.
Caracteriza a
poesia de Manuel Bandeira a forma simples e singela de repassar para o
leitor o tom pessoal, o envolvimento sentimental, a amargura e a
melancolia; transmite a sensação de uma vida vazia, muito bem definida
em alguns versos como “A vida inteira que podia ter sido e que não foi”
(“Pneumotórax”), ou nos quartetos de “Poe­ma de Finados”, em que a
sensação de morte que o poeta experimenta está associada à sensação de
perda dos parentes próximos.

Contos

Não Sei Dançar
O Anjo da Guarda
Mulheres
Pensão Familiar
Camelôs
O Cacto
Pneumotórax
Comentário Musical
Poética
Chambre Vide
Bonheur Lyrique
Porquinho-da-Índia
Mangue
Belém do Pará
Evocação Recife
Poema Tirado de uma Notícia do Jornal
Teresa
Lenda Brasileira
A Virgem Maria
Oração do Saco de Magaratiba
O Major
Cunhatã
Oração a Teresinha do Menino Jesus
Andorinha
Profundamente
Madrigal Tão Engraçadinho
Noturno da Parada Amorim
Na boca
Macumba de Pai Zé
Noturno da Rua da Lapa
Cabedelo
Irene no Céu
Palinódia
Namorados
Vou-me Embora pra Pasárgada
O Impossível Carinho
Poema de Finados
O Último Poema


É uma ótima pedida!
avatar
Milena
Amador
Amador

Escorpião Tigre
Número de Mensagens : 101
Idade : 31
Q.I. : 72
Reputação : 28
Data de inscrição : 02/10/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum