Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Últimos assuntos
» Quem leu A Cabana de William P. Young??
Dom Abr 26, 2015 1:01 pm por Everton Marques Ribas

» Dicas de Leitura para mim
Qui Nov 06, 2014 3:53 pm por amelieS

» Erica Cardoso
Qui Jul 31, 2014 9:44 pm por Erica Cardoso

» MEU LIVRO DE AEROMODELISMO
Seg Jul 21, 2014 8:56 pm por yoda

» [AD]Ma3x MU Online Season 7,Experience 10&15x NO RESET!
Dom Maio 18, 2014 4:32 pm por jacklin

» AMIGOS TOTALMENTE DIFERENTES (blog)
Sab Fev 15, 2014 10:11 pm por jorge2009sts

» BENÇÃO OU MALDIÇÃO: FESTA DE DEBUTANTE (cap. final)
Sex Fev 07, 2014 11:18 pm por jorge2009sts

» BENÇÃO OU MALDIÇÃO: FESTA DE DEBUTANTE (cap. 5)
Sex Fev 07, 2014 10:31 pm por jorge2009sts

» BENÇÃO OU MALDIÇÃO: FESTA DE DEBUTANTE (cap. 4)
Sex Fev 07, 2014 10:30 pm por jorge2009sts

» BENÇÃO OU MALDIÇÃO: FESTA DE DEBUTANTE (cap. 3)
Sex Fev 07, 2014 10:28 pm por jorge2009sts

Quem está conectado
1 usuário online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 1 Visitante

Nenhum

[ Ver toda a lista ]


O recorde de usuários online foi de 117 em Qua Jun 23, 2010 11:45 pm
Votação

O que mais te atrai no clube do livro?

44% 44% [ 128 ]
31% 31% [ 89 ]
11% 11% [ 31 ]
4% 4% [ 13 ]
10% 10% [ 28 ]

Total dos votos : 289


Tapinha causa dor física e emocional nas crianças.

Ir em baixo

Tapinha causa dor física e emocional nas crianças.

Mensagem por tilla em Dom Fev 07, 2010 6:47 am

Os especialistas em educação infantil condenam, mas o famoso tapinha
ainda é usado como método de ensino por pais que acreditam que esta
seja uma maneira eficiente de impor respeito e educar.

O problema são os prejuízos físicos e afetivos que a atitude provoca aos
pimpolhos. "O que é um tapinha para um adulto, não é para uma criança,
bater nunca é a solução", explica a psicóloga Maria Amélia Azevedo, que
conduziu um estudo pelo Instituto de psicologia da USP, em conjunto com
a psicóloga Viviane Nogueira de Azevedo Guerra , relatando os efeitos
negativos do tapinha e explicam que seu uso é uma questão cultural.

Tapinha dói sim
A dor sentida pela criança quando ela leva uma palmada não é apenas
física. As palmadas costumam ferir os sentimentos da meninada, que não
entende a razão de ter apanhado.
A secretária Juliana Martins, mãe de Beatriz, 6 anos, conta que nunca
havia dado palmadas na filha por achar que não era uma boa forma de
educar, porém, um dia, de cabeça quente, a secretária deu um tapinha em
Bia, que reagiu chorando muito. Desesperada por achar que tinha
machucado a filha, Juliana perguntou o que houve, e a menina disse que
doía mais no coração. "Nunca mais encostei um dedo nela. Até hoje me
lembro dela falando com lágrimas nos olhos. Depois disso, percebi que
conversar é sempre a melhor opção", conta a mãe.

Hábito que se repete
Sabe aquele velho ditado "Os filhos são espelhos dos pais?" Segundo a
terapeuta de casal e família, Marina Vasconcellos, quando uma criança
cresce levando palmadas, pode usar o mesmo método com seus filhos no
futuro, gerando um círculo vicioso: "A criança pode até achar ruim
quando leva a palmada, mas quando ela cresce passa a achar natural,
afinal, seus pais não iriam fazer nada de mal contra ela e, dessa
forma, acaba repassando estes valores para os filhos. É pura
repetição", finaliza Marina.

Alternativas
- Demonstre. Se a criança for pequena, tire dela o objeto ou a afaste
da situação perigosa dizendo que não pode. Ela irá entender que não
pode fazer aquilo.

- Mostre a sua autoridade. Pulso firme e voz ativa podem ajudar na hora
de educar sem causar danos emocionais e físicos. "A criança já se
intimida com o tom de voz", diz a terapeuta.

-Converse sempre. "Quando compreendemos nossos erros, evitamos
sua repetição. Uma criança que deixa de fazer algo por repressão, mas
não por um ato educativo, não aprende, apenas acumula reforços
negativos e revolta", continua a especialista.

-Jogos educativos e brincadeiras podem ajudar a educar sem
precisar apelar para o tapinha. Segundo Marina Vasconcellos, os jogos
são grandes aliados da educação didática. Com eles, os pais podem
ensinar limites e explicar erros brincando.

Fonte:http://yahoo.minhavida.com.br



_________________
http://myideasclassic.blogspot.com

"O primeiro passo para existir é imaginar...

Tilla Jochims
avatar
tilla
Moderador Global
Moderador Global

Sagitário Tigre
Número de Mensagens : 249
Idade : 32
Localização : Porto Alegre/RS
Q.I. : 475
Reputação : 40
Data de inscrição : 10/09/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum